seja bem vindo

Seguidores

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Sou Rosa Guerreira


Sou preta, pimenta, farinha, caju e café
Devota de Nossa Senhora e com muita fé
Sol quente do meio dia
Swing e feitiço de alegria
Eu sou mulher
Sou nobre e também muito rica da graça de Deus
E vivo o milagre dos pães como os filhos teus
O amor o meu lema o meu guia
Me entrego de noite e de dia aos sonhos meus

A tristeza sempre dança
Quando é noite de luar
Minha alma se em balança
É só ouvir o batuque chamar
Que eu vou

É só me chamar que eu vou
É só me chamar que eu vou
É só me chamar que eu vou pra capoeira

E só me chamar que eu vou
É só me chamar que eu vou
Que eu solto o cabelo com mão na cintura
Sou Rosa Guerreira


2 comentários:

Toninhobira disse...

Mas gente ist ficou lindo demais amiga, até arrisquei a cantarolar.Divina e bela inspiração para esta sensacional criação.Meu abraço guerreira.Bom demais.

*♥✿Gina Maria✿♥* disse...

obrigado amigo pelo carinho beijos